Mentira maior!
do golpe militar de 1º de abril
à pseudo “revolução” de 31.03.64!

novos-mistérios-dolorosos

OPUS 7?

O “7” do subtítulo não tem valor cardinal! Musical, sim, pela despretensiosa ocorrência de um que outro leitmotiv (contraponto é fundamental), apresen-
tação e desenvolvimento semântico (polifônico, polimorfo) de temas contras-
tantes, agônicos, virulentos, pela ostinata insistência em certas dissonâncias
e em seu periódico retorno, pelas múltiplas variações de caráter um tanto antimusical (diabó-/diabélicas) querendo, acaso em vão, acentuar ou mera-
mente insinuar a imprescindível urgência de certa harmonia cósmica, sem a
qual a vida e a obra de arte (conto, poema, canção, sinfonia, óleo, bronze, mármore, romance) podem transformar-se na odiosa, insidiosa e vergonhosa mentira de tudo, na aviltante patranha à que também quer aludir a ominosa cifra – associando-se, máscara às avessas, à monumental mentira nacional do 1º de abril (de ’64), dia “del tránsito de san Hugo” e de Leonora de Aquitânia, que de santa, ó, nem um pelo, dia sagrado das “vernalia” romanas e – embora negado! – do famigerado golpe militar que entre outros monstros, vivos, mortos, sepultados ou desaparecidos, gerou a demência, as sombras, a premência desta história!

* * *

A partir de 01.04. a 05.04… acompanhando as negras sombras que cubrem
os céus da Pátria idolatrada salve salve!…  “quem se habilite” pode baixar (download?) e guardar, ler, recomendar… esse eBook sobre os desvarios
e peripécias de algumas figuras fictivas/reais nos tempos cavernosos dos
anos de chumbo!… é bom conhecer algum passado pra salvaguardar o futuro… olha aí o golpe camuflado de impeachment.
http://www.amazon.com.br/dp/B00CIDRFHS