La vida y la muerte entran por la raíz…
ése es el misterio. (Juan Miró)

Raízes da terra retorcidas rotas
folhas coloridas caídas ao léu

braços desesperados saltando as águas
e o perfil da serra pra chegar ao céu

onde fulge um sol com mil raios de fogo
em douradas centelhas de déu em déu

imagem de alma arrasada pela dor
de um mero ser sem esperança alguma
em busca de um sonho que talvez se oculte

atrás do horizonte em fundo negro-azul
e verde-ouro brilhante quase fosco
mesclados para dar sentido à busca

ah, essas mãos raízes desesperadas
num movimento ascensional até o sol

onde quem sabe se esconde uma deusa
de olhos glaucos como os olhos do pai

que escute a minha dor meu amargo clamor
por um breve e eterno instante
de amor de amor de amor

Simbiosis artística
con Jose Plazuelo y su cuadro “paisaje.la.hoja.es.un.pensamiento.del.arbol.regado.del.inconsciente”
(espacios de color imbuidos)

Copyright © text&music – jrBustamante 2018