ATENÇÃO: novos mistérios dolorosos

Tags

, , ,

“O Brasil tem um passado enorme pela frente.”
(millôr fernandes

grande ‘filósofo’ carioca)

Se ganha a “extrema direita” nas eleições de hoje, o Brasil terá pela frente um enorme passado, assim profetizava o velho bardo Millôr Fernandes.

Por isso, pra refrescar nossa memória, aqui vai uma PROMOÇÃO ESPECIAL do meu livrinho

À disposição de tod@s @s leitor@s interessad@s em
https://amazon.com.br/dp/B00CIDRFHS

 

 

 

Entre rosas ou jasmim

Quero acabar entre rosas, porque as amei na infância
(Fernando Pessoa / Álvaro de Campos)

 

Entre rosas ou jasmim
pé de manacá buganvília
o principal é o jardim
onde peço depositarem
no mais grave silêncio
o que resta de mim

creci entre plantas e flores
do campo e assim quero acabar

quem sabe brote das cinzas
um talo de flor cheirosa
com perfume de jasmim
ou de rosa e a cor viva
que contraste com a morte
que deve permanecer no solo
invisível e domada pela força
da natureza e pelo vigor
da beleza única da flor

por isso peço silêncio
pra não assustar demais
o cheiro dormido no corpo
inocente da flor

e que se esqueçam de mim
do que fui ou não pude ser
pois que entre um suspiro
e o nada o único que conta
é a ausência de sentido
de nossa presença
na ilusão deste mundo

O que vivi? Era tão bom dormir!

© Copyright by text&music – jrBustamante, 2018

do livro de poemas «Versos dispersos»

Llama votiva

For the loss of love does not cease in this world.
(Hugh Seidman, “Poem” in ‘Collecting Evidence’)

recordando el despertar a tu lado
en años pasados (hace ya tantos años)

sin creer que tanta belleza pudiera
reposar a mi lado

en las noches donde la única luz
era la llama que encendía mi corazón

pienso : quién podría estar ahora
en nuestro lugar, si la vida no fuera

más que un pérfido juguete en la mano
de dioses que se divierten en juntar
y separar a los que se aman

ya que
«la pérdida del amor no cesa
en este mundo»

la culpa en mi caso
(¡y ese no es mi caso!)

sería la inercia o la muerte
de la llama votiva

que jamás debería apagarse…

© Copyright by ‘text&music – jrBustamante’, 2018
(de «Modulaciones en sol menor»)